Valter Forastieri Cova

Título:UM DIÁLOGO ENTRE AS PROPOSTAS DE ENSINO BASEADAS EM QUESTÕES SÓCIO CIENTÍFICAS E A PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA NA CONSTRUÇÃO DE PROPOSTAS DE ENSINO
 
Discente:Valter Forastieri Cova
Orientador(a):Rosiléia Oliveira de Almeida
Coorientador(a): Lenir Abreu (UFSB)
Debatedor(a): A definir
 
Resumo: Diante da problemática de que formar pedagogos para ensinar ciências da natureza exige a superação do problema da falta de domínio do conteúdo científico na formação inicial e também envolve a necessidade de educação política para discutir questões socioambientais, esta pesquisa busca desenvolver alternativas para formação de pedagogos que contemplem educação científica e política como indissociáveis. Para isso, nos baseamos em contribuições de uma abordagem que vem ganhando espaço no campo da educação científica internacional, o ensino baseado em questões sociocientíficas, mais especificamente como proposto por Derek Hodson (QSC-DH), por se tratar de uma linha declaradamente política. Por entendermos que os impactos do capitalismo em países de terceiro mundo são diferentes daqueles que atingem a realidade pensada e vivenciada por Hodson, escolhemos também uma abordagem nacional, a Pedagogia Histórico-Crítica (PHC), para nortear a visão política e de abordagem de conteúdo científico. Este trabalho objetiva desenvolver e testar um modelo para sequências didáticas (SD) em ciências da natureza a partir de convergências entre QSC-DH e PHC para formação inicial de pedagogos. Especificamente, buscamos: a) traçar um perfil de convergências e distanciamentos entre PHC e QSC-DH; b) analisar a experiência de elaboração e desenvolvimento de SD sobre ensino de energia a partir da situação da hidrelétrica de Belo Monte; c) elaborar e desenvolver em sala de aula uma SD sobre conservação de fragmentos de mata urbanos; d) analisar a mobilização dos conteúdos científico e político no discurso dos estudantes que vivenciaram essa SD. Esperamos, com isso, contribuir para que formadores de pedagogos em ciências da natureza possam se basear nas reflexões promovidas por este trabalho para elaborarem suas próprias SD, fomentando uma enculturação científica aliada à formação política, no sentido do combate às desigualdades, respeito ao ser humano e valorização do ambiente