Caio de Souza Silva

Título: A UTILIZAÇÃO DOS REGISTROS NA APROPRIAÇÃO DO CONCEITO DE MOLÉCULAS ORGÂNICAS
 
Discente: Caio de Souza Silva
Orientador(a):Hélio da Silva Messeder Neto
Debatedor(a): A definir
 
Resumo: A pesquisa que aqui será apresentada teve sua gênese a partir de duas inquietações: a dificuldade na aprendizagem do conceito de moléculas orgânicas e como se dava o processo de apropriação conceitual através de atividades que proporcionavam a utilização da escrita. Os fundamentos teóricos que irão sustentar todo o trabalho se concentram basicamente em dois autores: Karl Marx e Vigotski. De Marx focalizaremos nossos estudos sobre o seu método e sua concepção ontológica. E os aspectos de base psicológica da aprendizagem conceitual, que tem total concordância marxista, a Teoria Histórico-Cultural de Vigotski e contribuidores. O objetivo da pesquisa é investigar o uso dos registros, feitos pelos estudantes do ensino médio, no processo de apropriação do conceito de moléculas orgânicas significado na representação das estruturas moleculares. Trata-se de uma pesquisa empírica e para a coleta de dados iremos realizar observações semiestruturadas utilizando, como ferramenta, recurso áudio-visual para a filmagem das. Além disso, utilizaremos de entrevistas semiestruturadas com os estudantes, posteriormente a análise dos vídeos, para auxiliar na compreensão dos episódios. Esta pesquisa tem método qualitativo, pois se trata de analisar o processo, o movimento de apropriação conceitual a partir da escrita. Além disso, consideramos que a subjetividade humana não se pode quantificar, mas deve ser avaliada numa rede de conexões históricas, sociais e culturais. As análises serão construídas a partir de um quadro categórico estabelecido a priori, sem fechar os olhos para os fenômenos que poderão aparecer e constituir em novas categoriasNo que se refere à Ética na pesquisa, asseguraremos os protocolos éticos de modo que a pesquisa será submetida no comitê de ética e com todos os termos de consentimentos dos participantes.