Histórico

Formação do Grupo e Primeiras Atividades (1995-1998)
 
Na década de 1990, a UFBA e a UEFS, no quadro de suas políticas de capacitação do pessoal docente, com o apoio da CAPES, através do programa de bolsas CAPES-PICD, propiciaram a formação de vários doutores cujas formações e temas de pesquisa permitiram a aproximação e a interlocução que desencadearam a presente proposta de programa de pós-graduação e de pesquisa na área de Ensino, Filosofia e História das Ciências (ver lista dos docentes). A interlocução entre estes pesquisadores, que já vinha se desenvolvendo em eventos científicos e cursos, foi catalisada, a partir de 1995, por uma série de atividades de iniciativa destes pesquisadores, das quais destacamos as três seguintes:
 
  • Em 1995, a estada na UFBA, como Professor Visitante, para um programa de seminários e cursos em História e Epistemologia da Ciência, do Dr. Michel Paty, da Université Paris VII, tendo sido realizados curso e seminários no Instituto de Física, seminários nos Departamentos de Sociologia e Filosofia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, no futuro Instituto de Saúde Coletiva, no Instituto de Química e na UEFS;
  • Em 1996, a realização, na UFBA, de um Colóquio intitulado "A crítica contemporânea da ciência", patrocinado pela UFBa e UEFS, com a participação de pesquisadores baianos e dos Drs. A.A. Passos Videira (ON-RJ), Nélio Bizzo (USP) e J. Jerônimo de Alencar Alves (UFPa), tendo as atas deste colóquio sido publicadas, com o patrocínio da UEFS, no volume Perspectivas em Epistemologia e História das Ciências, organizado por André Luis Mattedi Dias et al, 193 páginas, editado pela UEFS em 1997. 
  • Ainda em 1997, na UEFS e com o patrocínio desta instituição, foi realizado o Colóquio "A crítica contemporânea da ciência \x{2013} Implicações para o ensino", evento que contou com a participação dos Drs. Ziller Camenietzki (MAST-RJ), Circe Dynnikov (UFES) e Cícero M. de Souza (UFRPe), além de pesquisadores baianos. Os trabalhos apresentados neste colóquio foram publicados na revista Ideação, vol. 3, 1999, do Departamento de Ciências Humanas e Filosofia daquela universidade.
  • Registre-se, também, que, desde 1997, o Instituto de Física inscreveu, no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq, o Grupo Ensino, História e Epistemologia da Física. Integra este grupo, além de pesquisadores já citados, como Olival Freire Jr., Ma. Cristina Martins e Yukimi Pregnolatto, o Prof. Dr. Klaus Weltner, da Universidade de Frankfurt e Visitante na UFBa, e os Professores Paulo Miranda e José Fernando Moura Rocha, ambos com Mestrado em Física. E o Instituto de Biologia inscreveu, na última edição do Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq o Grupo de Pesquisa em História, Filosofia e Ensino de Ciências Biológicas, coordenado por Charbel Niño El-Hani.Assinalamos que pesquisadores do Programa se envolveram também fortemente, a partir de 1995, nas seguintes atividades de ensino promovidas pela UFBA e pela UEFS: I. Duas turmas de pós-graduação lato sensu, desenvolvidas no Instituto de Física da UFBA, entre 1996 e 1998, coordenadas sucessivamente por Olival Freire e Yukimi Pregnolatto; II. Curso de Pós-Graduação lato sensu em Metodologia de Ensino, promovido pelo CEFET, Bahia, na sua unidade de Barreiras, coordenado por Robinson M. Tenório. Dentre outros cursos pós-graduação lato sensu, Robinson M. Tenório tem participado, como Professor, do Curso de Teoria da História e de Educação Matemática, ambos na UEFS; tendo orientado nos últimos dez anos cerca de noventa monografias de Cursos de Especialização; III. José Carlos B. de Santana coordena lato sensu em Ensino de Geociências, na UEFS, em parceria com a UFBA e a Unicamp; IV. Turmas de Atualização em Ensino de Física, nos marcos do projeto desenvolvido pela Fundação Vitae e Instituto Tecnológico da Aeronáutica, a partir de 1994, coordenadas por Felippe Serpa; V. Turma de Atualização em Física, 1997, patrocinada pelo CADCT, coordenada por Ma. Cristina Martins. Ciclo de Atividades para Professores de Segundo Grau, nos marcos do XIII Encontro de Físicos do Norte e Nordeste, 1995, coordenado por Olival Freire; VI. Quanto ao ensino de pós-graduação stricto sensu cabe registrar que Felippe Serpa e Terezinha Burnham são Professores Permanente da Pós-Graduação em Educação, José Benjamin Picado, da Comunicação, Aurino Ribeiro, Arthur Matos, e Sergio Esperidão, da Física, Amilcar Baiardi, da Administração. Elyana Barbosa foi Professora Visitante da Sociologia e hoje é da Arquitetura. Em 1998, parte dos pesquisadores que integra o presente projeto ministrou, a pedido do Colegiado da Pós-Graduação em Sociologia da UFBA, um curso intitulado "Tópicos em Epistemologia"; VII. Waldomiro J. da Silva Filho ministrou a disciplina "Linguagem, Pensamento e Conhecimento", 1994, no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas; e foi um dos Professores da disciplina "Epistemologia e Metodologia", 1996, na Pós-Graduação em Saúde Coletiva.
 
Implementação do Curso de Mestrado (1999-2000)
 
O primeiro Colegiado do Mestrado, conforme decisão tomada durante a instalação oficial do curso em 31 de março de 2000, foi formada por: Olival Freire Jr. (Coordenador), José Carlos B. de Santana (Vice-coordenador), João Carlos Salles Pires da Silva, Yukimi Pregnolatto e Claudio Amorim (Representante estudantil).